Cada vez mais adultos estão investindo no sorriso e corrigindo os pequenos defeitos com o uso de aparelho odontológico. Apesar disso, muitos mitos ainda são divulgados a respeito desse tratamento, fazendo com que muita gente adie ainda mais a visita ao ortodontista.

Mas, afinal, o que é mito quando se trata do uso de aparelho odontológico em adultos? Desvendamos alguns no post de hoje. Confira:

1. Há um limite de idade para o uso do aparelho odontológico

A movimentação dos dentes pelo aparelho dentário depende de uma boa saúde óssea, sendo limitada por doenças como a osteoporose. Já que essa doença é mais comum em idosos, muitos entendem que idosos não podem usar aparelho, mas isso não é verdade.

Independentemente da idade do indivíduo, com uma boa saúde e o acompanhamento de um profissional qualificado, é possível fazer uso do aparelho.

2. O aparelho metálico é a única opção

Para quem acha que o tradicional aparelho dentário metálico não é uma boa opção esteticamente e pode trazer prejuízos sociais ou profissionais, já existem diversas alternativas mais discretas no mercado.

Além dos aparelhos fixo com bráquetes de porcelana e com bráquetes linguais, há alinhadores transparentes e móveis que geram os mesmos resultados dos aparelhos fixos, com muito mais conforto e estilo.

3. O tratamento no adulto é sempre demorado

Não dá para generalizar o tempo de tratamento gasto por crianças ou adultos, já que cada caso é único. No adulto, como o crescimento e a mineralização óssea já estão completos, o movimento dos dentes pode ser um pouco mais lento e demandar mais planejamento por parte do dentista, mas isso não significa que os resultados demorarão anos para surgir.

4. Quem já usou aparelho quando criança não vai usar quando adulto

Mesmo quem já completou o tratamento ortodôntico quando criança e ficou com o sorriso perfeito, pode voltar a precisar do aparelho. Isso acontece porque à medida que a arcada cresce e os dentes permanentes vão sofrendo alterações, podem surgir novos problemas na disposição.

5. Os resultados não são tão bons no adulto

Com um bom profissional, a movimentação dentária no adulto favorecerá a estética, a mastigação, a fonação, a respiração e a higienização bucal, da mesma forma que o tratamento na criança e no adolescente.

A única diferença é que alterações na estrutura óssea da face do adulto demandam a realização de cirurgias ortognáticas, enquanto nas crianças, muitas vezes, essas alterações também podem ser feitas com o aparelho.

6. Quem tem implante não pode usar aparelho

Ter implante não impede o uso do aparelho, mas é preciso entender que o aparelho não consegue movimentar o dente implantado. Assim, é necessário conversar com o ortodontista e avaliar como o tratamento será feito de forma a garantir um bom alinhamento dos dentes.

O ideal, no entanto, é que o tratamento ortodôntico seja realizado antes da colocação do implante, para que esse procedimento já seja feito na posição correta.

Entendeu tudo sobre o uso de aparelho odontológico em adultos? Siga a nossa página nas redes sociais! Estamos no Facebook, Twitter e Instagram!