Já se foi o tempo em que os tratamentos ortodônticos eram extremamente demorados. A realidade é que os avanços na área odontológica colocaram um fim nos tratamentos “a perder de vista”, e atualmente é possível conseguir resultados excelentes em menos tempo, de forma prática e indolor.

Porém, o resultado depende de uma série de fatores que inclui a colaboração do paciente, a experiência profissional do dentista e, principalmente, o cumprimento de todas as etapas do tratamento ortodôntico.

Pular etapas pode comprometer seriamente o sucesso do tratamento e prejudicar não apenas a estética do paciente, mas também sua saúde bucal. Além disso, muitas vezes a previsão de duração do tratamento pode se estender devido a imprevistos, como a necessidade de extração, cirurgia ou surgimento de problemas decorrentes da má higiene.

Quer conhecer melhor todas as etapas do tratamento ortodôntico e entender a importância de cada uma delas? Acompanhe!

1. Diagnóstico

Todo tratamento ortodôntico começa com a primeira consulta ao ortodontista, mas o diagnóstico vai muito além do exame clínico inicial. Normalmente, essa etapa envolve a avaliação criteriosa do paciente e a solicitação de exames complementares para identificar o problema e criar um plano de ação para o tratamento.

Após estudar o caso, o profissional deve informar ao paciente sobre as alterações encontradas, determinar o diagnóstico e apresentar as opções de tratamento.

2. Instalação do aparelho

A colocação do aparelho representa o início do tratamento propriamente dito. Após a decisão do paciente, podem ser feitos novos exames e fotos para registrar a situação inicial, e, então, o aparelho ortodôntico é instalado nos dentes.

Cada tipo de aparelho é colocado de uma maneira diferente, mas a partir desse momento os dentes já começam a se movimentar, promovendo a correção do problema.

Durante o tratamento, é importante manter uma higiene impecável, prevenindo cáries e outras doenças que prejudicam a saúde bucal.

3. Alinhamento

O alinhamento é uma das principais etapas do tratamento ortodôntico, visto que os dentes devem estar nivelados e alinhados para que a movimentação seja eficaz. Por isso, a primeira correção normalmente é feita com fios leves e finos, que promovem giros para que os dentes se alinhem na posição correta.

Em alguns casos, pode ser indicada a extração de algum dente, mas para a maioria das pessoas o alinhamento ocorre naturalmente, sem maiores problemas.

4. Correção

Com dentes alinhados e nivelados, passa-se então para a correção do problema. Fios de aço, mais grossos que os utilizados na etapa anterior e combinados com elásticos, são responsáveis por promover a movimentação dos dentes para fechamento de espaços, ajuste de desvios, fechamento de mordidas abertas ou qualquer objetivo definido inicialmente.

Essa é uma das etapas do tratamento ortodôntico mais demoradas, mas, após algum tempo, já é possível observar resultados promissores.

5. Finalização

Quando os dentes se aproximam da posição correta, é chegada a hora da finalização, que pode exigir o uso de elásticos verticais, dobra nos arcos ou instalação de brackets e acessórios.

Ainda que o paciente se sinta satisfeito com seu sorriso, apressar essa etapa pode colocar a perder todo o sucesso do tratamento. A fase final é a mais trabalhosa para o profissional e requer colaboração e paciência do paciente.

6. Contenção

Depois da remoção do aparelho ortodôntico, o tratamento ainda não terminou! Os primeiros meses são considerados uma fase de adaptação dos dentes às novas posições, e o ortodontista pode indicar a colocação de contenções fixas ou removíveis para aumentar a estabilidade da arcada. As consultas podem ser mais espaçadas, mas são essenciais para o acompanhamento do caso.

Nem sempre é possível estimar a duração de cada uma das etapas do tratamento ortodôntico: cada organismo reage de uma maneira diferente, e por isso cada paciente tem sua própria necessidade de tempo para que o problema seja corrigido de forma eficiente e duradoura. De qualquer maneira, passar por todas essas etapas é fundamental para obter os melhores resultados.

E você, já conhecia todas as etapas do tratamento ortodôntico? Compartilhe nosso post nas redes sociais e divida a informação com seus amigos!