Diastema é um espaço extra que se forma entre um ou mais dentes. É uma condição mais comum nos dentes frontais superiores, mas também pode aparecer nos demais dentes.

Embora não seja necessariamente um problema de saúde bucal, pode trazer algum incômodo estético, especialmente quando o espaçamento é excessivo.

A boa notícia é que há tratamentos para corrigir e reduzir o diastema, melhorando a estética do sorriso e a autoestima.

No post de hoje, vamos falar sobre as causas do diastema e listar algumas opções para ajustar o alinhamento de dentes separados.

Quais são as causas do diastema?

Durante a fase dos dentes de leite é comum que as crianças tenham diastema, pois os dentes permanentes são maiores e vão precisar de mais espaço para desenvolver.

Quando acontece a troca dos dentes, esses espaços extras tendem a se fechar naturalmente. No entanto, alguns fatores biológicos, hábitos e uso de acessórios infantis podem comprometer essa movimentação como:

  • tamanho diferente dos dentes;
  • ausência de algum dente;
  • anormalidade no freio labial — tecido que vai do lábio à gengiva, chegando aos dentes superiores centrais;
  • chupar o dedo, usar chupeta e mamadeira — esses hábitos exercem pressão sobre os dentes;
  • problemas de alinhamento e oclusão;
  • pressão da língua sobre os dentes;
  • respiração bucal — respirar pela boca reduz a pressão dos lábios sobre os dentes, contribuindo para a abertura dos diastemas;
  • existência de dentes extras que não nasceram.

Quais problemas de saúde bucal o diastema pode causar?

Na maior parte das vezes o diastema traz mais desconforto estético que problemas de saúde. Porém, para algumas pessoas, especialmente crianças, os dentes separados podem causar distúrbios fonéticos, como a produção de sons indesejáveis e dificuldade de entonação.

Pessoas que têm diastema nos dentes responsáveis pela mastigação, no fundo da boca, podem apresentar alguns problemas de saúde bucal, já que restos de alimentos se acumulam mais facilmente nesses espaços, podendo provocar inflamações na gengiva. Nesses casos, é necessário um cuidado especial com a escovação e o uso do fio dental.

Como tratar os dentes separados?

Há diferentes opções para o tratamento do diastema. A abordagem mais indicada vai depender do grau do problema, se há outras condições de saúde bucal relacionada aos dentes separados, adaptação do paciente, entre outras avaliações clínicas.

É importante conversar com o dentista para que ele avalie qual o método mais indicado para o seu caso. Abaixo, listamos alguns tratamentos disponíveis.

Aparelhos ortodônticos

O uso de aparelhos ortodônticos é indicado quando é preciso fazer uma movimentação maior dos dentes e também quando é necessário realinhá-los. É um tratamento mais longo, mas que traz excelentes resultados.

Atualmente, com a disponibilidade de aparelhos transparentes, é possível passar pelo tratamento ortodôntico sem o sorriso metálico, sendo uma ótima opção para os adultos, que têm uma preocupação maior com a estética.

Restauração com resina ou porcelana

Quando o diastema não é tão extenso, é possível corrigir o espaçamento por meio de restaurações com resina ou porcelana.

Nesses casos, o dentista aumenta a largura dos dentes, reduzindo o espaço entre eles. A correção pode ser feita em um ou dois dias, de acordo com o material escolhido.

Lente de contato dental

A lente de contato dental é uma lâmina muito fina e resistente que é colada sobre o dente e também pode ser usada para corrigir o diastema.

Cirurgia

O tratamento cirúrgico é indicado quando o diastema é causado pelo tamanho anormal do freio labial. Esse procedimento, conhecido como frenectomia, é feito pelo periodontista e tem o objetivo de reposicionar o freio labial e aumentar sua flexibilidade.

Geralmente a cirurgia é suficiente para corrigir o diastema em crianças. Após o procedimento o espaço entre os dentes tende a se fechar sozinho. Adolescentes e adultos podem ter que combinar o tratamento cirúrgico com o uso posterior de aparelhos ortodônticos.

Botox

Pacientes com hipertrofia muscular facial relacionada ao diastema podem receber a indicação do uso do Botox (toxina botulínica) para ajudar no fechamento do espaço entre os dentes.

Tem dentes separados e quer melhorar a estética do seu sorriso? Entre em contato conosco e conheça nossas opções de tratamento!