Frequentemente surgem novas modas que acabam fazendo muito sucesso, em especial entre pessoas mais jovens. O problema é que elas nem sempre se restringem às peças do vestuário ou acessórios. A novidade agora é usar aparelho ortodôntico pirata, que pode ser comprado com vendedores ambulantes e são instalados sem nenhum critério profissional. Isso caracteriza o comércio ilegal e um sério risco para a saúde de quem adere a eles.

Neste artigo, vamos explicar como os aparelhos piratas prejudicam a saúde bucal e por que devem ser evitados. Continue lendo.

Por que ao aparelho ortodôntico pirata virou moda?

A finalidade da utilização de aparelhos ortodônticos é corrigir alterações na mordida. No entanto, o que deveria ser um recurso para melhorar a saúde bucal e a qualidade de vida das pessoas hoje é visto como uma forma de manter o estilo.

Antigamente, usar aparelho era motivo de discriminação. Com o tempo, inovações foram surgindo, e os aparelhos começaram a ter um valor estético.

Borrachinhas coloridas e com formatos diferentes foram criadas para melhorar a autoestima de quem precisa usar o aparelho. Uma forma de personalizar o sorriso e manter a satisfação com a imagem.

Foi justamente isso o que fez com que os jovens vissem no aparelho ortodôntico uma alternativa para incrementar o visual. Porém, nem todo mundo precisa usá-lo. Partindo disso, o mercado ilegal viu a oportunidade de oferecer um produto alternativo.

Com um preço muito menor do que os originais, o aparelho ortodôntico pirata se mostrou uma opção interessante e fácil de ser adquirida. São comprados como acessório e a instalação é feita pelo usuário, com ajuda do vendedor ou de amigos.

Sem o acompanhamento profissional, essas pessoas se submetem a inúmeros riscos, que você vai conhecer a seguir.

Quais problemas o aparelho pirata pode causar?

Um aparelho original é fabricado com materiais aprovados pela ANVISA, com mínimas chances de complicações, como alergias. No entanto, o pirata é fabricado com qualquer tipo de metal, fios coloridos e borrachas inapropriadas.

Além disso, a cola usada para fixar esse aparelho pode ser tóxica, já que não é aquela utilizada pelos ortodontistas. E tudo isso associado à colocação errada, pode ocasionar problemas e complicações como:

Intoxicação

Tanto os materiais utilizados na fabricação do aparelho pirata quanto a cola para sua fixação podem causar intoxicações no usuário por não terem compatibilidade orgânica.

Reações alérgicas

Os materiais de fabricação do aparelho original são escolhidos rigorosamente para oferecer o mínimo de chance de reações alérgicas em razão da sua composição, o que não acontece com os piratas, fabricados sem nenhuma inspeção.

Retração gengival

O mau posicionamento dos bráquetes pode fazer com que a gengiva se retraia, ficando mais curta. Isso deixa a raiz do dente exposta, causando sensibilidade e aumentando o risco de complicações periodontais.

Danos ao esmalte do dente

A cola utilizada na fixação e o contato do metal com os dentes causa danos ao esmalte dentário. O dente pode ficar manchado, gasto ou se quebrar.

Alterações na mordida

A instalação incorreta e desnecessária do aparelho pode alterar a posição dos dentes e da mandíbula, causando alteração na mordida e aumentando o risco de desenvolver problemas de ATM (Articulação Temporomandibular).

Inflamações e infecções

O contato do material com a gengiva e bochechas causa feridas e inflamações, que podem evoluir para infecções. A situação é agravada pela dificuldade em realizar a higienização correta dos dentes.

Perda de dentes

As complicações causadas pelo aparelho ortodôntico pirata podem causar a perda do tecido ósseo que sustenta os dentes e, com isso, ocasionar também a perda deles.

Para quem deseja o aparelho para fins estéticos, há opções para manter o visual e estilo sem comprometer a saúde bucal. E o ideal para os que precisam usar aparelhos é consultar o dentista para que ele indique o melhor tratamento.

Atualmente, existem opções de aparelhos, como os invisíveis, para atender todas as necessidades, e eles podem ser usados em qualquer idade. Por isso, não é preciso recorrer ao aparelho ortodôntico pirata. Afinal, as complicações que ele traz não compensam o visual, nem o seu valor.

Fique por dentro das novidades que surgem na Ortodontia e encontre o tratamento ideal. Acompanhe-nos no Facebook, Twitter e Instagram!