Manter os dentes livres de cáries, placas bacterianas e doenças gengivais requer cuidados diários muito simples: escovação com uma pasta de dente com flúor e uso do fio dental.

No entanto, embora essa higiene bucal básica seja ensinada bem cedo, boa parte das pessoas a faz de maneira incorreta ou incompleta — geralmente com uma escovação por tempo menor que o necessário para uma limpeza adequada (cada escovação deve durar no mínimo dois minutos) e pulando ou errando a etapa de passar o fio dental.

Por isso, no post de hoje, trazemos um passo a passo sobre a maneira certa de usar o fio dental para você ter dentes e gengivas bem saudáveis. Confira:

Por que usar ?

A escova não consegue tirar todos os resíduos de comida que ficam entre os dentes. Por isso, é necessário passar o fio dental nessas áreas para uma completa higienização que evite a formação de placas bacterianas, tártaro e cáries.

Usar o fio dental uma vez ao dia, preferencialmente à noite, é suficiente para garantir uma boa higiene bucal.

Qual fio dental escolher?

O mercado oferece dois tipos de fio dental: o de nylon, que pode ser ou não encerado, e o de filamento único, também conhecido como PTFE. Os dois modelos cumprem a tarefa de limpar entre os dentes de maneira eficiente.

A diferença é que os de nylon têm muitos fios e pode rasgar ou desfiar quando são passados entre os dentes que estiverem mais juntos. Já o PTFE desliza com mais facilidade.

Como usar ?

  • Passo 1: puxe cerca de 40 centímetros de fio dental da caixa e enrole em volta de cada dedo médio, deixando mais ou menos 10 centímetros de fio entre eles.
  • Passo 2: segure o fio dental com o polegar e indicador de cada mão. Use de 2 a 5 centímetros de fio para cada dente.
  • Passo 3: deslize suavemente o fio dental para cima e para baixo entre os dentes, como se os tivesse encerando.
  • Passo 4: leve o fio dental até a base do dente, passando cuidadosamente da junção com a gengiva e repita o movimento de baixo para cima. Não force o fio contra a gengiva, pois pode cortar e machucar o tecido.
  • Passo 5: para retirar o fio dental faça movimentos de trás para frente, até que ele saia de entre os dentes, trazendo junto os resíduos. Se você simplesmente puxar o fio, pode acabar deixando o que limpou entre os dentes e isso vai grudar novamente no esmalte ou se acumular na gengiva.

Use sempre um pedaço limpo do fio dental para cada dente, desenrolando aos poucos o fio limpo de um dedo indicador e enrole a parte usada no outro dedo. Se você utilizar o mesmo pedaço de fio dental em dentes diferentes estará retornando com a sujeira e as bactérias para a boca.

O que fazer se a gengiva sangrar ao usar o fio dental?

Se você não forçou o fio dental contra a gengiva, causando um ferimento, e ainda assim notar um pequeno sangramento quando usa o fio dental, pode ser sinal de uma gengivite.

Continue a usar delicadamente o fio dental nessa área. Muitas pessoas param de usar o fio dental porque a gengiva sangrou, o que é um erro, pois haverá um aumento de placa bacteriana no local, o que causará mais inflamações e sangramentos, podendo até mesmo levar a uma periodontite.

Se o sangramento da gengiva com o uso do fio dental persistir por mais de uma semana, marque uma consulta com o seu dentista para uma avaliação.

Lembrando sempre que a recomendação é que sejam feitas visitas regulares ao dentista, de preferência a cada seis meses, mesmo quando tudo parece estar bem.

Ainda com dúvidas sobre a maneira certa de usar o fio dental? Deixe seu comentário e compartilhe-as com a gente!