Passar o fio dental é uma recomendação aceita pela maioria dos brasileiros. Segundo uma pesquisa do Datafolha, encomendada pelo Conselho Federal de Odontologia, 57% dos entrevistados afirmou usar o fio dental, sendo que 30% disseram passá-lo mais de uma vez ao dia e 17% apenas uma vez.

No entanto, tão importante quanto criar o hábito de usar o fio dental é utilizá-lo corretamente. O uso diário, da maneira certa, ajuda na prevenção da formação de placas bacterianas, mau hálito e cáries, além de garantir uma limpeza mais completa.

Por outro lado, o uso incorreto pode causar lesões na gengiva e reduzir a eficácia do acessório na higiene bucal.

No nosso artigo de hoje, trazemos as respostas para algumas dúvidas comuns sobre como passar fio dental. Boa leitura!

O fio dental vem antes ou após a escovação?

Passar o fio dental antes ou após a escovação é uma opção pessoal. Como o papel do fio é remover os restos de alimentos presos onde a escova não alcança, a ordem da escovação não interfere na qualidade da limpeza.

Por que a gengiva sangra ao passar o fio dental?

Há basicamente duas razões para o sangramento gengival durante o uso do fio dental: uma inflamação ou o uso incorreto do fio.

Sangramento por uso incorreto

Geralmente o sangramento por uso incorreto está ligado ao excesso de força que se coloca sobre a gengiva ao passar o fio dental, agredindo e ferindo o tecido.

O fio dental deve ser levado com cuidado até a junção entre o dente e a gengiva e precisa ser passado suavemente, em um movimento de trás para frente, deslizando delicadamente até sair por completo.

Sangramento por inflamação

É comum haver um pequeno sangramento em alguns dentes ao se passar o fio dental. Isso ocorre porque naquela área há uma pequena inflamação, um início de gengivite. O que o fio dental faz é remover o tecido inflamado.

Nesses casos, você deve continuar a usar o fio dental normalmente. Ao retirar todo o tecido com a inflamação, o sangramento vai parar e suas gengivas estarão mais saudáveis.

Porém, se o sangramento não passar em uma semana ou houver dor no local, suspenda o uso do fio dental e procure seu dentista para avaliar o caso. Sangramentos persistentes e dolorosos podem ser sinais de doença periodontal.

Posso usar o mesmo pedaço de fio dental em vários dentes?

Não economize no fio dental! Para uma limpeza bem-feita serão necessários cerca de 40 centímetros de fio.

Para cada dente, deve-se usar um pedaço limpo de fio dental. Dessa forma, a sujeira e as bactérias retiradas de uma parte não são levadas para outra.

É preciso usar o fio dental mesmo se não houver alimentos presos aos dentes?

Mesmo que não haja incômodo, sempre há resíduos de alimentos presos entre os dentes. Por isso, o fio dental deve ser usado diariamente.

Durante o sono há uma queda na salivação, o que favorece a proliferação das bactérias bucais que vão fermentar os restos de alimentos, causando uma desmineralização no esmalte do dente, que pode resultar em cáries.

Para evitar esses problemas, a recomendação é que o fio dental seja usado ao menos uma vez ao dia, antes de ir dormir.

Posso comprar qualquer fio dental?

Há dois tipos de fio dental: o de nylon e o de filamento único. Ambos cumprem satisfatoriamente a tarefa de limpeza, mas podem facilitar ou dificultar o processo dependendo da sua arcada dentária.

A desvantagem dos fios de nylon é que eles podem rasgar ou desfiar, especialmente se os seus dentes forem muito juntos. Já o fio de filamento único desliza com mais facilidade entre os dentes, sem desfiar.

Quando usar o fio dental ultrafino e o normal?

Fios mais finos ou ultrafinos são ideais para dentes juntos ou com algum apinhamento. Mas é preciso mais cuidado ao utilizá-los, pois podem ferir a gengiva com mais facilidade.

Os fios mais grossos devem ser usados por quem tem dentes mais afastados, para limpar toda a superfície.

Tirou suas dúvidas sobre como passar fio dental? Leia também nosso artigo sobre as 5 principais causas de dentes amarelados e tenha um sorriso mais saudável e bonito!