Proporcionar conforto, bem-estar e a sensação de estar num lugar agradável e acolhedor é um dos objetivos que uma recepção de pacientes deve priorizar. Ao contrário do que muitos pensam, o atendimento começa quando o paciente chega ao consultório e procura um lugar para se acomodar.

O simples fato de ser cumprimentado pelos recepcionistas de forma cordial faz a diferença no nível de satisfação. Ninguém gosta de se relacionar com atendentes que estão com impaciência e mau humor. Afinal, é preciso estar atento a um velho ditado popular: “A primeira impressão é a que fica”.

Para evitar a perda de pacientes e aumentar a qualidade dos serviços prestados, vamos apresentar cinco dicas infalíveis para melhorar o nível do atendimento. Confira:

1. Tenha foco no treinamento

Pode até parecer exagero, mas não é. Alguns pacientes desistem até de marcar uma consulta, caso não recebam um atendimento qualificado por telefone. Muitos podem até deixar de retornar ao consultório quando não forem atendidos devidamente pelos recepcionistas.

Por isso, é muito importante investir em treinamentos que possibilitem ao atendente proporcionar um serviço mais qualificado para o público-alvo. Se escolher um profissional ruim para ter contato direto com os pacientes, o dentista terá um sério risco de perder boa parte dos pacientes.

Com certeza, ninguém quer enfrentar esse tipo de situação, principalmente, num cenário de crise econômica e de alta concorrência.

2. Procure fazer o paciente se sentir em casa

Uma boa regra de atendimento é se colocar no lugar do paciente. Então, pense de que maneira você gostaria de ser recebido. Com essa tarefa cumprida, fica mais fácil cumprir alguns requisitos que colaboram para um excelente atendimento, como:

  • manter o local limpo e bem organizado;
  • disponibilizar um banheiro que também facilite o acesso para pessoas com necessidades especiais;
  • fornecer água, café, suco e biscoitos de boa qualidade;
  • disponibilizar copos descartáveis e guardanapos;
  • manter a temperatura do ar-condicionado adequada para o ambiente.

3. Tenha recursos para tornar a recepção de pacientes mais agradável

É inegável que o conforto é muito importante para conquistar o paciente. Contudo, é primordial tornar a espera para a consulta mais tranquila, oferecendo algumas alternativas que ajudem a distrair o público, como:

  • música ambiente de boa qualidade;
  • televisão com programas de entretenimento ou filmes que não abordem temas polêmicos;
  • revistas atualizadas sobre assuntos relacionados com o cotidiano ou a área de atuação do profissional de saúde;
  • livros que tratem de temas de interesse dos pacientes, como viagens, decoração, artes etc;
  • vídeos com desenho e revistas infantis, caso o local tenha o costume de receber crianças;
  • oferecer internet Wi-Fi, o que ajuda o paciente a resolver pendências online e a ficar bem informado. Meninos e meninas também gostam de usar a web para jogar nos dispositivos móveis.

4. Tenha cuidado na escolha dos móveis

Nem sempre uma decoração extremamente bonita e atraente é sinônimo de comodidade. Por isso, não tenha foco somente na estética, pense em como o local pode ser organizado para proporcionar conforto ao público-alvo.

Caso tenha dificuldade, procure um decorador. Esse profissional está habilitado para indicar as melhores alternativas para tornar o ambiente mais agradável. Escolher cadeiras, poltronas ou sofás adequados para o consultório é um passo importante para deixar os pacientes bem acomodados e mais tranquilos para esperar a consulta.

5. Procure ouvir a opinião dos pacientes

Ofereça a oportunidade de o paciente colaborar para aperfeiçoar o atendimento. Uma boa maneira de fazer isso é por meio de pesquisas de opinião. Por WhatsApp ou por e-mail, é possível enviar formulários eletrônicos.

Com essa medida, fica mais fácil verificar aspectos que podem ser aperfeiçoados e fazer com que a recepção de pacientes ajude a melhorar o nível de satisfação com os serviços oferecidos pelo profissional de saúde.

Para ficar bem informado sobre as tendências da odontologia, curta as nossas páginas no Facebook, Instagram e Twitter. Não deixe de nos seguir!