Tomar um sorvete ou uma bebida gelada pode ser muito doloroso para quem sofre com sensibilidade nos dentes. Mais reativo ao frio, o estímulo de dor pode ainda aparecer ao se comer doces ou experimentar algo mais ácido, como as frutas cítricas.

Quando há uma hipersensibilidade, até mesmo uma brisa que passa pela boca durante um sorriso pode gerar uma pontada de desconforto.

A sensibilidade nos dentes tem muitas causas. Pensando nisso, no nosso artigo de hoje vamos listar as principais e como elas podem ser tratadas. Boa leitura!

Quais são as causas da sensibilidade nos dentes?

A percepção de sensibilidade será sentida sempre que os túbulos da dentina ficarem expostos de alguma forma. São por essas pequenas estruturas que a sensação de frio, calor, doce e ácido chegam aos nervos da polpa, que respondem com o estímulo de dor.

Geralmente esses túbulos estão protegidos pelo esmalte dos dentes, que é um tecido mineralizado e muito resistente. A gengiva que fica presa na junção do dente também protege a dentina contra essas agressões externas. Assim, a sensibilidade está relacionada a lesões ou fissuras no esmalte e doenças gengivais.

Listamos abaixo os principais problemas que podem deixar os dentes sensíveis. Confira!

Retração gengival e doença periodontal

Na retração gengival a gengiva se desprende do dente, deixando suas estruturas internas mais desprotegidas. Na maioria das vezes esse problema é causado pela escovação incorreta, com uso excessivo de força. Mas também pode ser resultado de outras doenças, como a gengivite e a doença periodontal.

Uma vez retraído, o tecido gengival não volta a crescer, deixando os túbulos da dentina expostos, aumentando os riscos de sensibilidade.

Por isso, é importante fazer a escovação com escovas de cerdas macias e com cuidado, para não causar lesões. Além de fazer o uso correto do fio dental, para evitar doenças gengivais.

Clareamentos

Nos tratamentos de clareamento são utilizados produtos químicos muito abrasivos. Quando não há o uso correto dessas substâncias e a supervisão de um dentista experiente, esse procedimento pode desmineralizar excessivamente o esmalte dos dentes, os deixando mais porosos e menos eficiente na proteção dos túbulos da dentina, além dos riscos de danos à gengiva.

É importante ter em mente que pessoas que já têm dentes sensíveis precisam tratar a sensibilidade antes de se submeterem ao tratamento de clareamento.

Bruxismo

O bruxismo pode causar pequenas lesões e fissuras no esmalte, deixando os dentes mais sensíveis. Quando o problema é extenso, pode, ainda, expor a dentina.

Excesso de restaurações

Quando um dente é restaurado, ele perde o esmalte do local da lesão, ficando mais suscetível às infiltrações que podem chegar à dentina e até mesmo à polpa, resultando nos estímulos dolorosos.

Dentes quebrados

Dentes quebrados ou trincados têm o esmalte comprometido. Assim, a dentina fica desprotegida e sujeita a agressões e maior sensibilidade.

Erosão ácida

A erosão ácida é o resultado da desmineralização do esmalte do dente por ácidos que podem vir de algum distúrbio estomacal que causa o refluxo dos ácidos gástricos, alterando o pH da saliva. Ou, ainda, pelo consumo exagerado de alimentos e bebidas ácidas e açucaradas, como refrigerantes e doces.

Qual o tratamento para sensibilidade nos dentes?

O tratamento da sensibilidade vai depender das causas primárias e secundárias do problema. Por isso, é muito importante consultar o dentista sempre que tiver sintomas do problema.

Seu dentista pode indicar uma ou mais das seguintes abordagens:

  • uso de cremes dentais específicos para dentes sensíveis — eles agem fechando os túbulos da dentina;
  • restaurações para cobrir grandes retrações da gengiva;
  • tratamentos com vernizes fluoretados para aumentar a resistência do esmalte e proteger contra cáries;
  • uso de protetores bucais, quando o problema estiver associado ao bruxismo;
  • tratamento da gengivite e doenças periodontais.

Gostou do nosso artigo sobre sensibilidade nos dentes? Então, siga nossas redes sociais e não perca nenhum de nossos posts sobre saúde e estética bucal. Estamos no Facebook, Twitter e Instagram!