O tratamento humanizado é uma vertente de atendimento que chegou com força máxima. Nada mais natural, já que, como o próprio nome indica, ele tem o objetivo de tornar o processo mais humano e próximo das pessoas.

Isso significa que agora o profissional precisa olhar muito além dos problemas, mas considerar também as necessidades pessoais de cada paciente — tudo com o objetivo de tornar a experiência mais agradável.

Se você pensa que essa realidade está muito distante dos consultórios odontológicos, então é bom saber que ela já está sendo explorada nesses ambientes também. Aprenda que caminhos seguir na postagem de hoje. Vamos lá?

Invista na ambientação do consultório

Um consultório com atendimento frio e onde não somos bem recebidos pode provocar uma experiência traumática. É isso mesmo: ele pode fazer com que nos sintamos sozinhos e abandonados, uma medida que torna o barulho do motor mais alto e pode provocar pânico em muitos pacientes.

Por outro lado, um ambiente acolhedor e bem planejado pode tornar tudo mais fácil. As pessoas ficam mais seguras quando são bem recebidas, por exemplo. Depois disso, tudo se desenrola com mais facilidade.

Uma boa dica é ter um som ambiente, ter uma televisão, revistas e jornais (atuais, ok?) e até Wi-Fi. A ideia, aqui, é propiciar uma experiência positiva a quem frequenta a sua clínica. Se possível, é recomendado até ter água e café à disposição do paciente.

Tenha um diálogo aberto com o paciente

Dentistas distantes e que não se relacionam com os pacientes prometem ficar cada vez mais para trás. Isso porque as pessoas estão procurando profissionais que consigam criar um vínculo com eles.

Como você deve imaginar, isso tem tudo a ver com um tratamento humanizado. Portanto, pergunte ao seu paciente como ele lida com a saúde bucal, se tem algum trauma ou se gostaria de compartilhar alguma experiência. Essa é uma ótima maneira de estreitar os laços entre vocês e deixar tudo mais fácil para tranquilizá-lo durante a consulta.

Ofereça tratamentos menos invasivos

Ninguém gosta de sentir dor de dente. Ainda assim, os tratamentos odontológicos também podem ser um tanto quanto desagradáveis, promovendo desconforto para muitas pessoas. Em sua própria experiência já deve ter percebido a quantidade de pessoas que têm medo do barulho do motor ou anestesia.

Para lidar com essa situação com mais naturalidade, nada melhor que oferecer tratamentos mais tranquilos, menos invasivos e que não façam com que ele sinta dor. Eles vão te agradecer e você vai conseguir fidelizá-los com mais facilidade.

Ofereça terapias complementares

Imagine-se chegando a um consultório e recebendo técnicas para relaxar? Seria ótimo, não é mesmo? Então não perca tempo e faça isso com seus pacientes.

Ofereça terapias complementares, como aromaterapia, yoga e acupuntura. Para saber se deve investir em alguma outra, nada melhor que perguntar para o seu público e ter investimentos ainda mais efetivos.

Dê dicas de nutrição

Você certamente conhece alimentos que são bons para a saúde bucal — assim como sabe aqueles que devem ser evitados, certo? O tratamento humanizado também envolve oferecer além daquilo que é esperado de você (e essa pode ser uma ótima oportunidade).

Portanto, compartilhe esses detalhes com seu paciente, faça com que ele tenha uma alimentação mais saudável. Consequentemente, a saúde bucal dele se tornará melhor e você ganhará a admiração dele.

Agora que você já entende melhor como investir no tratamento humanizado, não deixe de implantar alguns desses pontos na sua clínica. Você vai se surpreender com a resposta dos seus pacientes, pode acreditar.

Para continuar se informando sobre as melhores formas de se relacionar com os pacientes, que tal ler o nosso post e descobrir quais são os tipos de aparelho que apresentam maior demanda?