A posição natural dos dentes é influenciada por uma série de fatores, que envolvem desde questões genéticas até hábitos da infância. Assim, tanto malformações ósseas na face e erros no posicionamento do broto dentário quanto o fato da criança ter sido amamentada ao seio materno, chupar o dedo ou usar chupeta são relevantes para determinar se nascerá torto.

Assim, além de trazer um prejuízo estético considerável, o dente torto atrapalha a mastigação e a respiração, dificulta a higiene bucal e pode até provocar ferimentos nas gengivas, aumentando também a incidência de cáries, mau hálito e outras doenças bucais.

Se você tem dentes que nascem fora do lugar, tortos ou encavalados, e quer descobrir o que fazer para consertá-los, este post é para você! Aqui, vamos explicar tudo sobre as diversas formas de corrigir esse defeito e conquistar um sorriso alinhado. Confira!

Avaliação

O ortodontista é o profissional mais adequado para avaliar sua estrutura dentária e determinar a melhor forma de alinhar os dentes que nascem fora do lugar, considerando o grau do defeito, o número de dentes afetados e o investimento financeiro disponível para o tratamento.

Em geral, é necessário fazer um molde em alginato e realizar radiografias para que a avaliação e o planejamento sejam feitos de forma completa e o resultado seja como esperado.

Cirurgia

Em casos graves, pode ser necessário a correção cirúrgica da posição do dente, principalmente quando o problema está relacionado a uma malformação óssea ou algum trauma ao nascimento. Nesses casos, a cirurgia ortognática costuma ser a mais indicada, corrigindo o posicionamento dos ossos da face que servem de base para os dentes.

Outra possibilidade é que devido à incompatibilidade do tamanho da arcada dentária com o tamanho dos dentes seja necessário fazer a extração cirúrgica de um dente para criar um espaço extra e realinhar os dentes com o uso de aparelhos.

Plástica dentária

A plástica dentária utiliza métodos simples e rápidos para gerar um sorriso mais estético em pessoas que possuem pequenos defeitos, como um espaço extra entre os dentes ou nos casos em que eles são ligeiramente tortos.

Uma das técnicas de plástica mais usadas é a colocação de facetas de porcelana, que, uma vez coladas sobre os dentes naturais, alteram seu formato, tamanho e coloração de maneira discreta.

Outras técnicas disponíveis incluem a plástica gengival e a colocação de implantes e próteses. Assim, quando apenas um dente está mal posicionado, é possível colocar uma prótese definitiva sobre o dente natural e resolver o problema de forma rápida e prática, por exemplo.

Aparelhos ortodônticos

O uso de aparelhos ortodônticos é o jeito mais tradicional de consertar dentes tortos e garantir um alinhamento perfeito do sorriso. Todo o tratamento é feito por meio de forças de tração que movimentam lentamente os dentes para a sua posição ideal.

Embora antigamente os aparelhos fossem feitos de estruturas metálicas e desconfortáveis, atualmente já existem no mercado aparelhos móveis e transparentes, feitos de acetato. Eles tão eficientes quanto os modelos antigos, mas mais práticos, confortáveis e discretos.

Ter os dentes alinhados traz mais harmonia ao rosto, aumenta a confiança e autoestima do indivíduo e permite que os dentes executem suas funções adequadamente, sem prejudicar a articulação temporomandibular ou sobrecarregar os tecidos moles.

Agora que você já sabe o que fazer para consertar os dentes que nascem fora do lugar, siga as nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram para receber notificações das próximas postagens!