A primeira impressão é a que fica e essa máxima é, realmente, uma grande verdade. Por isso, hoje, o cuidado de criar um ambiente confortável tem intensificado a preocupação com a decoração de consultórios odontológicos.

Além de demonstrar organização e conforto, um espaço bem decorado também transmite credibilidade, confiança e segurança para os pacientes. Esses detalhes são muito observados logo na primeira visita e podem fazer uma diferença enorme na recepção. Que tal conferir algumas dicas e aplicá-las no seu consultório? Vamos lá!

Adote o termo recepção em vez de sala de espera

Antes de mais nada, é importante levar em consideração a real função do ambiente em questão no seu consultório. O espaço deve receber bem os pacientes, e não os fazer esperar pela sua vez de serem atendidos, concorda?

Para elaborar uma boa decoração do consultório odontológico, você já deve começar por eliminar o termo “sala de espera”, e passar a adotar “recepção”. O objetivo principal do ambiente é oferecer, afinal, um espaço confortável e prazeroso aos seus pacientes, para que eles se sintam bem ao aguardar a sua consulta. Mude sua concepção antes de começar a decorar!

Aplique a psicologia das cores na decoração

A melhor forma de começar a decorar é escolhendo bem as cores dos elementos do espaço. É uma etapa difícil, mas ela é fundamental para que a identidade visual realmente funcione. Para facilitar, vale consultar dicas e teorias relacionadas à psicologia das cores, por exemplo.

Como o espaço pede aconchego, confiança e tranquilidade, você deve levar em consideração as tonalidades que despertam esse efeito nas pessoas. A melhor opção, nesse caso, é sempre a cartela de cores claras, evitando tons quentes que provocam agitação.

Você pode concentrar a escolha das suas cores em pontos específicos, como é o caso de artigos de decoração, carpetes, mobiliário ou apenas no revestimento das paredes. O azul e o verde ganham disparados nesse tipo de ambiente, mas você pode investir em tonalidades que dialogam com sua identidade visual.

Distribua elementos confortáveis pelo ambiente

Além da escolha das cores, você também deve selecionar os elementos que vão compor a decoração do consultório. Eles precisam ser dosados, equilibrados com o espaço e, na medida do possível, funcionais, de alguma forma.

Para combinar com um estofado confortável, aproveite nichos e pequenos espaços para oferecer um porta-revistas aos pacientes, ou até mesmo um canto para um café, por exemplo.

Outras ideias bacanas são a inclusão de porta bolsas e afins, que também são muito bem-vindos, bem como objetos decorativos que transmitam calma e relaxamento — fontes de água são um bom exemplo.

Use diplomas e certificações na decoração

Para transmitir credibilidade, também é possível adicionar na decoração do consultório alguns diplomas, certificações e títulos recebidos pelo profissional ou pela equipe que atua no local.

Esses documentos funcionam muito bem como elementos decorativos para as paredes e, também, ainda informam aos pacientes que eles estão frequentando um lugar confiável e bem preparado para recebê-los.

A dica, nesse caso, é cuidar das molduras com devida uniformização ou, pelo menos, com um certo diálogo entre elas. É importante, porém, evitar o excesso para que a exposição não se torne, na verdade, uma espécie de poluição visual para os pacientes.

Preze pela mobilidade e segurança dos pacientes

A decoração deve ser pensada de maneira que o trânsito de pessoas não seja comprometido. Para isso, é interessante ter em mente a quantidade média de pacientes recebidos diariamente, para se pensar em como dispor os móveis, bem como a sua quantidade.

O ideal é que sempre haja assentos para quem está chegando, evitando que os pacientes fiquem de pé, gerando desconforto e uma certa dose de impaciência. Se o espaço for pequeno, conte com a ajuda de um profissional para criar um projeto adequado, sem que se perca mobilidade.

Escolha bem os móveis do consultório

Já foi mencionado um pouco sobre o mobiliário, mas esse ponto é tão importante que merece uma atenção especial. Acontece que os móveis devem ser, além de discretos e confortáveis, fáceis de limpar e duradouros.

Dê preferência por modelos impermeáveis, por exemplo, que facilitem a manutenção e a limpeza. Utilize as dicas da psicologia das cores para escolher as melhores opções para o ambiente e, na medida do possível, coloque-se no lugar dos pacientes para saber se eles realmente vão se sentir confortáveis.

Cuide da iluminação e climatização do espaço

Outro fator indispensável num bom projeto de decoração de consultório odontológico é o cuidado com a iluminação do ambiente. Ela precisa estar de acordo não só com as necessidades do profissional, mas também com o conforto do paciente, é claro.

Para não ter erro, a recepção deve ter uma luz indireta, de preferência amarela, para causar mais sensação de tranquilidade e aconchego. A luz branca se faz necessária apenas para a mesa da secretária, que pode ser resolvida com pontos focais ou pendentes.

Assim como no caso da iluminação, a climatização também é fundamental — uma sala quente e abafada espanta as pessoas, tanto quanto um ambiente extremamente gelado pelo uso inadequado do ar-condicionado. Mantenha, portanto, uma refrigeração padrão, com a temperatura ideal entre 20 ºC e 24 ºC e a umidade relativa do ar de 60%.

Decore e harmonize a recepção com flores

Investir em flores na decoração parece clichê, mas é sempre uma opção que dá certo. Você pode variar nos estilos de vasos e dialogar com outros elementos decorativos, por exemplo.

Além de deixar o ambiente mais bonito e vivo, as flores e plantas ainda contribuem para a qualidade do ar do local. O principal cuidado a ser tomado, porém, é com relação à espécie, que precisa ser adequada a ambientes fechados, que dispõem de pouca luz solar.

Outros aspectos também devem ser levados em consideração na hora de escolher a flor ou planta. Espécies com excesso de pólen ou cheiro forte podem causar alergias nas pessoas ou irritação nasal, por exemplo. E, como a maioria dos consultórios ficam fechados nos finais de semana, é melhor que sejam plantas que não precisam de muita água.

A decoração de consultórios odontológicos é totalmente possível quando são adotadas dicas simples como as que foram apresentadas agora. Você pode adaptar tudo de acordo com o seu gosto e necessidade e pensar em um projeto simples, que se encaixe bem no espaço e solucione os pequenos detalhes que ainda te impedem de oferecer a melhor recepção para os pacientes.

O cuidado com o equilíbrio de elementos e harmonia de cores é importante, mas também é interessante se manter sempre informado sobre esse e outros assuntos relacionados ao seu ramo de trabalho. Que tal, então, seguir a gente no Facebook, Instagram e Twitter? Nos vemos por lá!