O início de carreira é sempre carregado de muitas expectativas, entre elas, a de ter um negócio próprio. E, para o dentista, a maior decisão de negócio nessa etapa é montar uma clínica odontológica sozinho ou em parceria com outros profissionais.

Ambas opções têm vantagens e desvantagens, por isso, elaboramos este post para apresentar a você o que levar em consideração no momento da sua escolha. Confira!

Por que montar uma clínica odontológica sozinho?

Iniciar um consultório sozinho evita que você tenha que negociar muitas coisas logo de cara, como localização, precificação de serviços, especialidades atendidas e contratações.

Todas as decisões estão nas suas mãos e a clínica certamente ficará com a sua cara e levará seus valores como base para a cultura organizacional.

Confira: 6 características do dentista empreendedor de sucesso!

Por outro lado, os custos para montar uma clínica odontológica sozinho são altos. Você precisa alugar ou comprar um imóvel, adquirir equipamentos, fazer publicidade e contratar pessoas por conta própria.

Sem a devida reserva financeira, seu projeto profissional pode não ser viável no curto prazo, impedindo que você o realize.

Por que montar uma clínica odontológica com outras pessoas?

A reunião de vários profissionais em uma mesma clínica odontológica permite diversificar as especialidades atendidas e, consequentemente, atrair mais pacientes.

Como cada sócio contribui financeiramente para o negócio, a viabilidade econômico-financeira se torna mais factível. Todas os custos e despesas da abertura são divididos.

Fique por dentro: 4 dicas arrasadoras para se diferenciar no mercado odontológico

Entretanto, todas as decisões devem ser tomadas em conjunto, o que, muitas vezes, pode torná-las mais demoradas. É preciso ter uma boa dose de negociação em cada conversa para chegar a um consenso.

Como tomar sua decisão?

Se você está na dúvida entre montar uma clínica odontológica sozinho ou com outros profissionais, parta para o lado racional e analise a situação. Verifique estas questões:

Viabilidade financeira

Você tem os recursos necessários para montar uma clínica odontológica sozinho ou poderia pedir um empréstimo bancário? Quanto tempo seria necessário para atingir o ponto de equilíbrio do negócio e passar a gerar lucro?

Quantos pacientes você tem capacidade de atender mensalmente? Essa quantidade é suficiente para manter a sustentabilidade financeira da clínica?

Um olhar detalhada sobre as suas finanças e a geração de lucro que a clínica deve ter é essencial para determinar se abrir a clínica sozinho é uma boa ideia.

Capital de giro

Capital de giro é o montante mínimo de dinheiro que você precisa ter reservado para manter a clínica operando mesmo que não entre nenhum paciente no mês. Quanto mais meses você puder suportar com esse capital de giro, melhor.

Na falta de recursos próprios, contar com sócios pode ser a melhor saída. Assim você conta com suporte para integralizar todo o capital necessário.

Captação de pacientes

Outro ponto a levar em consideração é a sua capacidade de atrair pacientes. Em início de carreira, fica um pouco mais complicado contar com recomendações, por isso, o marketing odontológico acaba se tornando a melhor forma de se fazer conhecido.

Leia também: 5 dicas de sucesso para redes sociais de consultórios odontológicos

Clinicando sozinho, é possível contratar uma agência especializada para desenvolver estratégias de captação de pacientes. Em uma clínica compartilhada, talvez seja possível contratar uma equipe interna e dedicada.

Parcerias

Estabelecer parcerias estratégicas é fundamental, independentemente de montar uma clínica odontológica sozinho ou com outros profissionais.

Por meio de parcerias é possível oferecer tratamentos diferenciados, fazer uso de tecnologias inovadoras e melhorar a competitividade da clínica oferecendo mais flexibilidade nos pagamentos.

Quer saber mais sobre essas possibilidades? Conheça os serviços da Compass 3D! E para trazer mais vantagens ao seu negócio fique por dentro também das novidades em ortodontia.

Baixe agora o e-book Guia dos Aparelhos Transparentes e saiba mais sobre o tema!

Oferecendo aparelho ortodontico transparente aos pacientes

Leave a Reply